DESTINO LISBOA - OS LUGARES INVISÍVEIS DA ESCRAVATURA (PERCURSO)

DESTINO LISBOA - OS LUGARES INVISÍVEIS DA ESCRAVATURA (PERCURSO)

SINOPSE

Quando, a partir de 1512, o rei D. Manuel I decidiu que Lisboa passaria a deter o monopólio do tráfico de escravos de todo o império, a cidade tornou-se o maior entreposto mundial de comércio negreiro até 1761, ano em que este foi proibido. 

Este percurso pretende tornar visíveis alguns dos lugares que marcaram a vida quotidiana da imensa população escravizada que povoou Lisboa ao longo de séculos. 

Aguarde um momento...