Disponibilidade PREÇO DESDE
ADULTO (26-64 ANOS)
3,00€
CRIANÇA (0-12 ANOS)
0,00€
JOVEM (13-25 ANOS)
1,50€
PESSOA COM DEFICIÊNCIA
2,60€
SENIOR (+65 ANOS)
2,60€
OS LOUCOS ANOS 20 EM LISBOA
Local: MUSEU DE LISBOA - PALÁCIO PIMENTA
Data: Permanente
Preço: Entre 1,5 € e 3 €
Classificação: M/0
Promotor: EGEAC - EM,S.A.

22 de abril a 11 de dezembro
Passados 100 anos de uma pandemia histórica e de uma guerra mundial, o Museu de Lisboa revisita a década de 20 do século XX com a exposição «Os Loucos Anos 20 em Lisboa». Uma época de transformações de costumes e de mentalidades, um tempo de cosmopolitismo e de modernidade, de afirmação social e individual. 
À escala portuguesa, Lisboa viveu os Loucos Anos 20 acompanhando, a uma certa distância, o sentimento de otimismo, prosperidade e celebração que caracterizou a vivência urbana nas principais capitais europeias, após o fim da I Guerra Mundial.
Apesar do conservadorismo, do atraso cultural e da constante instabilidade política e económica, Lisboa foi também palco para novidade, extravagância e transgressão, seguindo exemplos estrangeiros que chegavam através da imprensa, da rádio, da literatura e do cinema, e beneficiando dos progressos tecnológicos então verificados.
Comissariada por Cecília Vaz, Mário Nascimento e Paulo Almeida Fernandes, a exposição transporta-nos para a vivência urbana de modernidade da capital e evoca histórias pessoais de alguns protagonistas que enriquecem este imaginário. 
 
Nota: O bilhete dá acesso a todo o museu
 


CONFIGURAÇÃO

22 de abril a 11 de dezembro

Passados 100 anos de uma pandemia histórica e de uma guerra mundial, o Museu de Lisboa revisita a década de 20 do século XX com a exposição «Os Loucos Anos 20 em Lisboa». Uma época de transformações de costumes e de mentalidades, um tempo de cosmopolitismo e de modernidade, de afirmação social e individual. 

À escala portuguesa, Lisboa viveu os Loucos Anos 20 acompanhando, a uma certa distância, o sentimento de otimismo, prosperidade e celebração que caracterizou a vivência urbana nas principais capitais europeias, após o fim da I Guerra Mundial.

Apesar do conservadorismo, do atraso cultural e da constante instabilidade política e económica, Lisboa foi também palco para novidade, extravagância e transgressão, seguindo exemplos estrangeiros que chegavam através da imprensa, da rádio, da literatura e do cinema, e beneficiando dos progressos tecnológicos então verificados.

Comissariada por Cecília Vaz, Mário Nascimento e Paulo Almeida Fernandes, a exposição transporta-nos para a vivência urbana de modernidade da capital e evoca histórias pessoais de alguns protagonistas que enriquecem este imaginário. 

 

Nota: O bilhete dá acesso a todo o museu

 




O nosso site utiliza cookies, próprios e de terceiros, tendo em vista melhorar a sua experiência de navegação, analisar a utilização do site, conhecer o sucesso das campanhas de marketing e dirigir-lhe anúncios personalizados.
Para mais informação por favor consulte a nossa Política de Cookies e a Política de Privacidade.